Spinoza Obra Completa III
Tratado Teológico-Político
J. Guinsburg (organizador)
Newton Cunha (organizador)
Roberto Romano (organizador)

R$ 69,00


A publicação de Spinoza: Obra Completa, realizada com exclusividade em língua portuguesa pela Perspectiva, torna patente o quanto as postulações do pensador formam um sistema aberto, sem o dogmatismo a ele atribuídos pelos pensadores que não o compreenderam e os fanáticos que sempre o combateram, e fornece um instrumento exegético estratégico para o entendimento da filosofia.
Poucos filósofos acentuaram a necessária e dinâmica passagem dos pensamentos aos corpos, em ações eficazes no rumo da liberdade.  O Tratado Teológico-Político, que integra o presente volume, mostra que a filosofia não é apenas especulação, pois a teoria necessariamente se traduz em atos. A base comum de tudo é a substância divina, que não é um ser imóvel, mas ativo. A recusa do modelo aristotélico (e seu Primeiro Motor imóvel) expõe a tese de que o real é dinâmico e o modo de bem conhecê-lo manda agir de maneira a retomar a sua força em escala adequada aos nossos limites. Deus é garantia de que o saber e o poder humanos convergem, mas rumam para o infinito. É uma obra que anuncia o livre nexo entre pensamento e corpos, hoje inexistente, na sua plenitude, em todos os Estados do planeta.  
R. R.
Indicar este livro
 Gostaria de receber informes e promoções da Editora Perspectiva.
Dê a sua opinião sobre a obra
Antes de escrever seu comentário, leia, por favor, as regras e orientações sobre este espaço:

  • os comentários devem ater-se ao livro sobre o qual se refere e a temas estritamente relacionados a ele;
  • o texto deverá ter no máximo 700 caracteres;
  • a editora Perspectiva reserva-se o direito de não publicar comentários preconceituosos ou racistas, observações grosseiras ou que agridam a honra de qualquer pessoa ou grupo de pessoas, textos sobre opiniões de outros leitores, bem como informações de conteúdo comercial;
  • as críticas apresentadas passarão a ser de domínio do site da editora.
700 carac.
Sumário
Prefácio......................................................................................................... 43

Capítulo I....................................................................................................... 55
Da profecia

Capítulo II...................................................................................................... 73
Dos profetas

Capítulo III  ................................................................................................... 91
Da vocação dos hebreus e de como o dom da profecia lhes é peculiar

Capítulo IV ................................................................................................... 107
Da Lei divina

Capítulo V ..................................................................................................... 121
Da razão para a instituição das observâncias cerimoniais. A crença nas narrativas bíblicas: de que modo e a quem é ela necessária

Capítulo VI .................................................................................................... 137
Dos milagres

Capítulo VII ................................................................................................... 157
Da interpretação da Escritura

Capítulo VIII  ................................................................................................. 183
No qual se mostra que o Pentatêuco e os livros de Josué, Juízes, Rute, Samuel e Reis não são autógrafos. A questão de sua autoria é considerada: houve vários autores ou um? E quem seriam eles?

Capítulo IX ..................................................................................................... 197
Mais indagações sobre tais livros, a saber, se Esdras lhes deu a revisão final, e se as notas marginais que se encontram nos códices hebreus são leituras variantes

Capítulo X ...................................................................................................... 213
Um exame dos demais livros do Antigo Testamento pelo mesmo método usado com os anteriores

Capítulo XI ..................................................................................................... 227
Indaga-se se os apóstolos escreveram suas epístolas como apóstolos e profetas ou mestres. Onde se explica a função dos apóstolos

Capítulo XII .................................................................................................... 237
Da verdade original da Lei divina; em razão do que a Escritura é chamada “sagrada” e “palavra de Deus”; e se mostra que a Escritura, na medida em que contém a palavra de Deus, nos chegou incorrompida

Capítulo XIII ................................................................................................... 249
Mostra-se que a Escritura ensina apenas doutrinas muito simples, nada inculcando além de obediência; e no que concerne à natureza divina, ensina apenas o que o homem pode imitar por um código definido de conduta

Capítulo XIV .................................................................................................... 257
Uma análise do que é a fé, do que é ser fiel e dos princípios fundamentais da fé. Finalmente, separa-se a fé da filosofia

Capítulo XV ..................................................................................................... 267
Demonstra-se que nem a teologia é ancilar à razão nem a razão à teologia; a razão pela qual nos persuadimos da autoridade da Sagrada Escritura

Capítulo XVI .................................................................................................... 279
O fundamentos do Estado; o direito natural e civil dos indivíduos e os direitos do poder soberano

Capítulo XVII ................................................................................................... 295
Mostra-se que ninguém pode ou necessita transferir todos os seus direitos ao poder soberano. O Estado hebreu tal como em vida de Moisés e após sua morte, antes da instituição da monarquia e de seu sucesso. Finalmente, as causas pelas quais o Estado teocrático pereceu, e só dificilmente poderia continuar sem lutas civis

Capítulo XVIII ................................................................................................... 321
Da comunidade dos hebreus e de sua história se deduzem  alguns princípios políticos

Capítulo XIX ..................................................................................................... 331
Mostra-se que o soberano está investido inteiramente do direito sobre questões de religião e que as formas externas de devoção devem adequar-se à paz da comunidade, se obedecermos a Deus corretamente

Capítulo XX ...................................................................................................... 345
Mostra-se que num Estado livre cada indivíduo pensa como lhe apraz e lhe é permitido dizer o que pensa

Apêndice ......................................................................................................... 357
SOBRE O LIVRO
assunto: filosofia
coleção: textos 29
formato: 12,5x21 cm
páginas: 376
acabamento: brochura
edição: 1ª 2014
peso: 394 g
ISBN: 9788527310086
J. Guinsburg
LIVROS PUBLICADOS

Editora Perspectiva
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 3025
Jardim Paulista, São Paulo - SP
01401-000
(11) 3885 8388

Comunicação

Sobre a Editora

Contato

Preencha com o seu nome e e-mail e receba informações sobre a Editora Perspectiva.

Desejo receber informações sobre promoções, lancamentos e eventos da Editora Perspectiva

Redes Sociais

 

Copyright 2018, Editora Perspectiva